Como Visualizar os ganhos do YouTube

Recentemente o Google fez duas modificações importantes no YT. A primeira foi monetizar apenas os canais que tivessem, ao menos, mil inscritos e 4.000 horas de visualizações nos últimos 12 meses.
A segunda se refere à visualização dos ganhos. Até então os ganhos eram visualizados na página do AdSense.
O anúncio informou que esses ganhos passariam a ser visualizados apenas na página do YouTube.
A empresa avisou com antecedência a todos com o seguinte aviso:
"Lembre-se de que, em breve, o Google AdSense deixará de exibir métricas do YouTube. O melhor lugar para ver seus ganhos estimados e outras métricas de monetização é o Relatório de receita do YouTube Analytics."
De acordo com a central de ajuda, para ver os ganhos no Relatório de receita do YouTube Analytics, proceda assim:

1. Faça login na sua conta do YouTube.
2. Na parte superior direita, selecione sua conta >;Estúdio de Criação.
3. No menu à esquerda, clique em Analytics >relatório "Receita".
4. Você verá os seguintes tipos de detalhes da receita no relatório:

Detalhes relacionados à receita para os quatro tipos de conteúdo de parceiro (todo conteúdo reivindicado, conteúdo reivindicado enviado por usuários premium e parceiros, conteúdo reivindicado enviado por usuários padrão e todo conteúdo enviado por parceiro)
Detalhes relativos à receita nos níveis do canal e do vídeo (métricas disponíveis são mostradas como "sua" receita)

a. receita estimada do YouTube Red
b. receita estimada de anúncio
c. receita estimada de transações derivada de Locações do YouTube
d. receita estimada.

Os ganhos registrados podem, continuar sendo visualizados na página do AdSense, mas apenas duas semanas após o fechamento do mês. Segundo o Google: "Os ganhos registrados não são transferidos para o Google AdSense até metade do mês seguinte. Ou seja, os ganhos acumulados em junho serão transferidos para o Google AdSense na metade de julho.
Os ganhos registrados do YouTube referentes ao mês anterior são adicionados ao saldo da sua conta do Google AdSense entre os dias 10 e 14 e pagos no mês em questão, se o seu saldo total atingiu o limite mínimo de pagamento e se você não tiver retenções de pagamento."
Dúvidas? coloque sua pergunta nos comentários.


YouTube barra canais pequenos para monetização

O que era esperado, aconteceu. O YouTube enviou mensagem a todos os proprietários de canais que monetizavam seus vídeos, informando que agora exigirá um mínimo de inscritos e de visualizações para que os donos dos canais possam ganhar dinheiro exibindo vídeos na plataforma.
A partir de 20 de Fevereiro, apenas canais com mais de 1.000 inscritos e 4.000 horas de exibição nos últimos 12 meses serão elegíveis para monetizar. Nos demais casos, o canal continuará disponível, mas sem gerar renda.
O Google enviou a seguinte mensagem aos donos de canais:
"Hoje, estamos anunciando alterações no Programa de parcerias do YouTube (YPP, na sigla em inglês). Nossa meta continua sendo manter o YPP disponível ao máximo de canais possível, mas reconhecemos que precisamos de mais medidas de proteção em vigor para preservar a receita dos criadores de conteúdo no ecossistema do YouTube"
Além disso, a empresa explicou, para quem não chegava a esses números, que precisava tomar algumas medidas e mostrou as razões:
"No âmbito dos novos requisitos de qualificação anunciados hoje, seu canal no YouTube,Fulano, não está mais qualificado para geração de receita porque não atinge o novo limite de 4.000 horas de tempo de exibição nos últimos 12 meses e 1.000 assinantes. Como resultado, seu canal perderá o acesso a todas as ferramentas de geração de receita e aos recursos associados ao Programa de parcerias do YouTube em 20 de fevereiro de 2018, a menos que você ultrapasse esse limite nos próximos 30 dias. Assim, esse email serve como aviso prévio de 30 dias de que os termos do seu Programa de parcerias do YouTube foram revogados. "
Na minha opinião foi o início de uma verdadeira profissionalização da plataforma.

Como Gerar o IBAN para o Banco Rendimento

O Banco Rendimento, utilizado pela maioria dos editores para receber os seus ganhos do YouTube ou AdSense, está disponibilizando um gerador de códigos IBAN para ser colocado na página do AdSense. Até o momento, o Banco aceitava outro padrão, composto das letras SEFI e o CPF. Para editores que já tem seus dados inseridos não há a necessidade de nada, mas para os novos editores terão que utilizar o novo padrão conforme informado na própria página do Banco.
Para obter o IBAN de sua conta. Basta inserir o CPF na página disponibilizada pelo banco:

https://www.cambiorendimento.com.br/iban.aspx

Note que o código gerado é personalizado.