YouTube barra canais pequenos para monetização

O que era esperado, aconteceu. O YouTube enviou mensagem a todos os proprietários de canais que monetizavam seus vídeos, informando que agora exigirá um mínimo de inscritos e de visualizações para que os donos dos canais possam ganhar dinheiro exibindo vídeos na plataforma.
A partir de 20 de Fevereiro, apenas canais com mais de 1.000 inscritos e 4.000 horas de exibição nos últimos 12 meses serão elegíveis para monetizar. Nos demais casos, o canal continuará disponível, mas sem gerar renda.
O Google enviou a seguinte mensagem aos donos de canais:
"Hoje, estamos anunciando alterações no Programa de parcerias do YouTube (YPP, na sigla em inglês). Nossa meta continua sendo manter o YPP disponível ao máximo de canais possível, mas reconhecemos que precisamos de mais medidas de proteção em vigor para preservar a receita dos criadores de conteúdo no ecossistema do YouTube"
Além disso, a empresa explicou, para quem não chegava a esses números, que precisava tomar algumas medidas e mostrou as razões:
"No âmbito dos novos requisitos de qualificação anunciados hoje, seu canal no YouTube,Fulano, não está mais qualificado para geração de receita porque não atinge o novo limite de 4.000 horas de tempo de exibição nos últimos 12 meses e 1.000 assinantes. Como resultado, seu canal perderá o acesso a todas as ferramentas de geração de receita e aos recursos associados ao Programa de parcerias do YouTube em 20 de fevereiro de 2018, a menos que você ultrapasse esse limite nos próximos 30 dias. Assim, esse email serve como aviso prévio de 30 dias de que os termos do seu Programa de parcerias do YouTube foram revogados. "
Na minha opinião foi o início de uma verdadeira profissionalização da plataforma.

Um comentário:

The Zuera Never Ends disse...

Por favor me ajuda ai, caso depois dessa data, um certo tempo depois meu canal ultrapasse essas 4 mil horas, eu volto a poder monetizar os videos, ou cagou minha conta?